sábado, 18 de janeiro de 2014

Ceará começa a produzir cacau para Nestlé em julho

Com investimento de R$800 mil, divididos entre a Agrícola Famosa e a Nestlé, a produção da fruta no estado promete ganhar força nos próximos meses e concorrer com o estado da Bahia

A parceira firmada entre a cearense Agrícola Famosa e a Nestlé começará a dar frutos em julho. É quando terá início o plantio de cacau no perímetro irrigado do Tabuleiro de Russas. Já no próximo mês, executivos da Famosa viajam para visitar as instalações da Nestlé, na cidade de Tours (França), com o objetivo de conhecer os mecanismos genéticos da produção da fruta.

De acordo com presidente da Famosa, Luiz Roberto Barcelos, o investimento será de R$ 800 mil, rateados entre a Agrícola e a multinacional. A informação do acordo entre as empresas foi antecipada pela coluna Vertical S/A do O POVO do último domingo (12).

“Vamos começar com a produção em 55 hectares no perímetro irrigado, adaptando ao processo de produção que já fazemos com o melão. Se tudo sair conforme estamos planejando, poderemos chegar a 1,5 mil ha. A Nestlé entrará com a parte da genética e nós usaremos o conhecimento que temos sobre o solo da região”, enfatiza.

A baixa produtividade do cacau que está sendo plantado na Bahia é apontada por Barcelos como um dos principais motivos para o mercado cearense despontar no cenário cacaueiro.

“A Bahia está com pouca produtividade e um custo de produção cada vez mais alto. O mercado está abrindo essa oportunidade e vamos aproveitar”, pontua.

Cinco vezes maior
Ainda segundo o presidente da Famosa, a ideia é que haja uma produção de 250 arrobas (uma arroba equivale a 15 quilos) por hectares, que seria cerca de cinco vezes mais do que é plantado na Bahia. “A princípio, vamos trabalhar para que haja uma produção com o máximo de peso possível. No futuro, queremos nos qualificar e melhorar nossos grãos”, diz.

A técnica usada será o gotejamento em fileiras duplas, já empregadas em outras frutas e hortaliças na região.

O interesse da Nestlé com a parceira é fornecer o cacau produzido no Ceará para o mercado interno, principalmente as regiões Sul e Sudeste do País. (João Bandeira Neto)

Números800 mil reais será o investimento da produção que será dividido entra a Agrícola e a Nestlé

55 hectares será a produção inicial do cacau no perímetro irrigado do Tabuleiro de Russas
Fonte: O Povo

Nenhum comentário:

Seja bem vindo ao Diário de Itabuna

A partir do ano de 2008, os blogs se tornaram a principal fonte de notícias e informações gerais de Itabuna. Para organizar melhora a lista desses trabalhos, criamos o "Blogs de Itabuna" (blogsdeitabuna.blogspot.com). O problema é que a grande maioria deles posta notícias de Itabuna misturadas às notícias do Brasil (e do mundo), curiosidades, esportes, poesias e até piadas, dando um tom de diversificação. Para melhor organizar e registrar as notícias sobre a cidade de Itabuna, criamos o Diário de Itabuna, um clipping de notícias que, em geral, copiará o primeiro parágrafo das notícias mais relevantes e encaminhará um link para a leitura geral do blog original. Este blog é uma homenagem ao extinto jornal Diário de Itabuna, que durante várias décadas foi o principal veículo de informação sobre a nossa cidade.